Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

GNR de Loulé apanha 36 ilegais

Trinta e seis imigrantes brasileiros (14 mulheres e 22 homens) que se encontravam em situação irregular foram anteontem notificados para abandonarem o País. Os ilegais foram detectados pela GNR de Loulé, no âmbito de uma acção de fiscalização num estabelecimento de diversão nocturna, em Selões, naquele concelho, alegadamente ligado a práticas ilegais.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Para além dos 36 brasileiros, com idades compreendidas entre os 20 e os 40 anos, que deverão abandonar o território no prazo de 20 dias, foram notificados ainda no ‘dancing’ Copacabana duas mulheres e dois homens também brasileiros e uma mulher russa, para comparecerem no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Faro.
“Estavam umas 200 pessoas a dançar ao som de música brasileira, quando, cerca das 03h00, a GNR entrou. Desligaram a música e começaram a pedir a identificação a toda a gente. Comigo não houve problemas. Saí às 04h20”, revelou ao CM um cliente português que se encontrava no local.
A GNR identificou um total de 73 estrangeiros que se encontravam naquele espaço nocturno, onde foram detectadas diversas infracções, nomeadamente falta de alvará e de identificação do vigilante, bem como inexistência de aviso de câmara de vigilância, de livro de reclamações e de horário de funcionamento, tendo sido efectuado o levantamento de nove autos de contra-ordenação contra o proprietário do espaço.
LIGADOS AO CRIME
Fonte policial revelou ao CM que o local é considerado “um foco de problemas” pois está presumivelmente associado à promoção de actividades ilegais e suspeita-se que seja frequentado por indivíduos ligados a actividades criminosas que a GNR não especificou.
Uma situação que não foi contudo detectada durante a operação realizada na madrugada de anteontem, que envolveu 25 militares, entre os quais uma equipa do Pelotão de Intervenção Rápida do Esquadrão de Cavalaria da Brigada n.º 3 de Évora e outra do batalhão Operacional do Regimento de Infantaria.
O bar, que se encontra a funcionar há cerca de um mês, já havia sido alvo de uma acção de fiscalização efectuada pela GNR de Loulé, há cerca de duas semanas, tendo na altura sido detectadas as mesmas irregularidades.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)