Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

GNR deixa fugir jovem do tribunal

Alto e corpulento, um jovem croata de 16 anos precisou de apenas poucos segundos para escapar a uma patrulha da GNR da Costa de Caparica, Almada, no interior do tribunal desta cidade. Foi necessário mais de 24 horas para localizar de novo o fugitivo, que foi preso na Lourinhã ao volante de um carro roubado.
9 de Janeiro de 2009 às 00:30
GNR deixa fugir jovem do tribunal
GNR deixa fugir jovem do tribunal FOTO: Ricardo Cabral

O jovem imigrante, reincidente no crime de condução ilegal, foi de novo apanhado no interior de uma viatura. Desta feita, na manhã de terça-feira, na Costa de Caparica. Por ser menor de idade, mas não inimputável judicialmente, só a sua presença ao volante é crime. Por isso, a patrulha da GNR local deteve-o, conduzindo-o de seguida ao Tribunal de Almada.

Já no Palácio da Justiça de Almada, os dois militares que acompanhavam o jovem croata não o conseguiram reter. O imigrante escapou-se a correr por uma porta secundária do tribunal e nunca mais voltou a ser visto pelos guardas da Costa de Caparica.

A denúncia da fuga foi de imediato lançada a todo o dispositivo policial nacional. Mais de 24 horas depois da fuga, a GNR da Lourinhã detectou um Renault 11, em manobras suspeitas naquela localidade.

Depressa se constatou que a viatura tinha sido furtada horas antes, em Peniche, tendo o jovem croata sido encontrado ao volante. Detido, foi conduzido ao posto local, onde se confirmou que estava em fuga às autoridades. Foi de imediato entregue à GNR de Almada.

Ver comentários