Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

GNR desenterra armas de guerra do Exército Suíço

Material recuperado está avaliado em mais de 75 mil euros.
Tiago Virgílio Pereira 25 de Janeiro de 2020 às 10:18
Espingardas, fardamento do exército suíço, 14 bicicletas e dois motociclos foram apreendidos pela GNR de Viseu
Espingardas, fardamento do exército suíço, 14 bicicletas e dois motociclos foram apreendidos pela GNR de Viseu FOTO: Lusa
A GNR de Viseu encontrou seis espingardas, que ao que tudo indica pertencem ao Exército Suíço, enterradas em Vila Nova de Paiva. A descoberta surgiu após as autoridades suíças terem pedido apoio na investigação, que já levou à prisão de dois emigrantes portugueses, de 23 e 29 anos. No nosso País, um antigo emigrante, de 46 anos e também de nacionalidade portuguesa, foi constituído arguido e confessou o envolvimento nos crimes.

O grupo dedicava-se ao furto de garagens, armazéns, parques de estacionamento e residências na Suíça. A GNR de Viseu foi para o terreno e conseguiu recuperar fardamento do Exército Suíço, 14 bicicletas e dois motociclos que seriam vendidas em Portugal, no mercado negro. Ao que o CM apurou, os objetos estão avaliados em mais de 75 mil euros.

"Na Suíça corre a investigação por furto qualificado e nós fizemos o nosso trabalho de cooperação", explicou o tenente-coronel Adriano Resende, da GNR de Viseu. A investigação continua, no sentido de apurar se há mais material furtado e intervenientes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)