Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

GNR deteve 43 pessoas nas últimas horas. Mais de metade foi por condução com álcool

Relativamente à sinistralidade, autoridades contabilizaram 24 acidentes de viação, dos quais resultou um ferido grave e cinco feridos ligeiros.
Lusa 28 de Dezembro de 2019 às 12:39
GNR
GNR FOTO: João Miguel Rodrigues
A GNR deteve 43 pessoas em flagrante delito entre as 20h00 de sexta-feira e as 08h00 deste sábado, mais de metade das quais (23) por condução sob o efeito do álcool, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Os restantes detidos em flagrante delito resultaram de tráfico de droga (11) e crime de dano (2), adianta a GNR, que anuncia ainda a apreensão de 57 doses de cocaína.

Quanto ao trânsito, a GNR registou 829 infrações, destacando-se 464 por excesso de velocidade, 60 por falta de inspeção periódica obrigatória, 39 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e 30 relacionadas com iluminação e sinalização e 20 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

A GNR detetou ainda 18 infrações por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 17 relacionadas com tacógrafos e 17 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Em matéria de sinistralidade, a GNR contabilizou 24 acidentes de viação, dos quais resultou um ferido grave e cinco feridos ligeiros. Em matéria de sinistralidade, a GNR contabilizou 24 acidentes de viação, dos quais resultou um ferido grave e cinco feridos ligeiros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)