Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

GNR deteve caçador na Guarda por posse de munições proibidas

Factos foram remetidos por aquela autoridade policial para o Tribunal Judicial da Comarca da Guarda.
Lusa 14 de Janeiro de 2020 às 11:01
GNR
GNR FOTO: Ricardo Almeida
A GNR deteve um caçador por posse de munições proibidas, durante uma operação de fiscalização à atividade venatória na zona da Guarda, durante a qual foram fiscalizados 60 caçadores, foi hoje anunciado.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere em comunicado hoje enviado à agência Lusa que a detenção do homem, com 59 anos, ocorreu no domingo, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial local.

Segundo a fonte, "no decorrer de uma operação de fiscalização à atividade venatória, os militares detetaram oito munições proibidas (zagalote), na posse de um caçador, pelo que foi detido".

No âmbito da mesma operação, a GNR levantou três autos de contraordenação, sendo dois por falta de documentos e um por falta de sinalização da zona de caça.

Os militares registaram ainda cinco autos de contraordenação pela Lei das Armas (dois por falta de cadeado no gatilho, um pelo transporte de arma fora das condições de segurança, um por licença de uso e porte de arma caducado e outro por obrigação da detenção de arma), dois autos por não se fazerem acompanhar dos documentos obrigatórios aquando da deslocação dos cães e mais dois no âmbito da legislação rodoviária (um por falta de utilização do sistema de retenção para crianças e outro por transporte de um passageiro a mais no veículo).

A GNR adianta na nota que apreendeu aos caçadores fiscalizados seis armas de caça, 37 munições carregadas com bala, oito munições zagalotes, seis estojos de transporte de armas, seis livretes e um manifesto de uso e porte de arma caducado.

Os factos foram remetidos por aquela autoridade policial para o Tribunal Judicial da Comarca da Guarda.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)