Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

GNR embriagado atropela ciclista

Jovem de 16 anos ia ajudar a preparar evento desportivo quando foi colhido mortalmente por carro de militar, que acusou 1,19 g/l de álcool no sangue.
2 de Maio de 2014 às 08:00
Pai de Leandro foi ontem à tarde ao local do acidente depois de saber da morte do filho
Pai de Leandro foi ontem à tarde ao local do acidente depois de saber da morte do filho

Leandro Carvalho seguia de bicicleta para ir ajudar a preparar um evento desportivo quando, inesperadamente, foi colhido por um carro na estrada que liga Almancil a Quarteira. O jovem, de 16 anos, ainda foi socorrido pelo INEM e transportado para o Hospital de Faro, mas acabou por morrer. O condutor, ao que o CM apurou, é um militar da GNR de Loulé, que estava embriagado e acusou 1,19 g/l de álcool no sangue.

O acidente ocorreu cerca das 09h20, no sentido Almancil-Quarteira, nas proximidades do parque aquático Aquashow. O jovem terá embatido na parte lateral do carro do militar. Fonte oficial do Comando Geral da GNR confirmou o envolvimento do militar no acidente, mas recusou-se a confirmar ou a negar a presença de álcool no sangue, alegando que "o caso está em segredo de Justiça". Apesar do incidente, o militar é considerado "um excelente profissional".

Uma viatura médica e uma ambulância do INEM socorreram a vítima, que morreu no Hospital de Faro. "Telefonaram-me a dizer que o meu filho tinha tido um acidente. Cheguei ao hospital e disseram-me que ele tinha morrido. Não quis acreditar", lamentou, emocionado, ao CM, no local do acidente, Manuel Carvalho, pai de Leandro.

A zona é perigosa e há sinalização no local a avisar para isso. Manuel garante que o filho "sempre foi cuidadoso na estrada" e questiona se o limite de velocidade foi cumprido, já que o filho foi projetado mais de 20 metros.

gnr embriagado atropela ciclista
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)