Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

GNR encerrou festa ilegal em Paredes com 28 pessoas

Ação decorreu após uma denúncia de ruído. Festa ilegal decorria no interior de uma moradia.
Lusa 19 de Abril de 2021 às 14:14
GNR
GNR FOTO: DR
A GNR encerrou no sábado uma festa ilegal com 28 pessoas, com idades entre os 18 e os 65 anos, que decorria numa moradia, em Rebordosa, no concelho de Paredes, distrito do Porto, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a GNR informou que a ação decorreu após uma denúncia de ruído e de que estaria a decorrer uma festa ilegal no interior de uma moradia.

"No local foi possível constatar que a festa ainda se encontrava a decorrer, tendo sido dada ordem para terminar o evento", acrescenta a fonte.

Foram identificadas 28 pessoas, tendo sido elaborados os autos de contraordenação por incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário.

A ação contou com o apoio da Polícia Municipal de Paredes.

No comunicado, a GNR recorda que o cumprimento das medidas impostas pelo estado de emergência, no âmbito do combate à covid-19, é fundamental para conter a propagação do vírus SARS-CoV-2.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.020.765 mortos no mundo, resultantes de mais de 141,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.945 pessoas dos 831.001 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

GNR Paredes Rebordosa Porto questões sociais política autoridades locais
Ver comentários