Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

GNR pronta a intervir na Europa

Contribuir para o desenvolvimento de uma política europeia de Segurança e Defesa e maior capacidade de intervenção na gestão de crises é o objectivo da Eurogendfor, cujo grupo de trabalho está reunido no Porto durante dois dias num encontro organizado pela Guarda Nacional Republicana (GNR).
4 de Outubro de 2006 às 00:00
Representantes da Eurogendfor estão reunidos no Porto
Representantes da Eurogendfor estão reunidos no Porto FOTO: Baía Reis
A Eurogendfor é uma iniciativa de cinco países da União Europeia – Portugal, Espanha, França, Itália e Holanda –, que possuem forças de segurança de cariz militar, as quais participam nos encontros juntamente com os Ministérios que as tutelam.
“É uma reunião importante, na qual serão discutidos os conceitos operacional, logístico e de comunicações da Eurogendfor. A aprovação de conceitos poderá possibilitar a primeira missão do grupo Eurogendfor no início de 2007”, disse ao CM o major--general Morais de Medeiros, comandante da Brigada Territorial n.º 4 da GNR, após a primeira sessão de trabalhos que estão a decorrer no Forte de S. João Batista (Castelo da Foz), no Porto.
Depois de dar as boas-vindas e narrar alguns episódios da história da cidade do Porto, Morais de Medeiros apelou aos participantes para chegarem a um acordo a fim de no próximo ano aquela força especializada ser uma realidade.
“No mundo algo conturbado em que vivemos, é necessário e importante existir uma força operacional deste género, à qual Portugal poderá dar o seu contributo pelos seus conhecimentos a nível internacional e pela sua experiência em conflitos como Timor, Iraque e Angola, onde a GNR tem participado nos últimos anos com efectivos”, acrescentou o comandante da Brigada Territorial n.º 4.
Para cada missão da Eurogendfor será formada e projectada uma força multinacional, com um efectivo total que poderá atingir os 2300 elementos.
Esta força terá capacidade para intervir a nível militar e para depois transferir as responsabilidades para as autoridades civis locais ou para uma organização internacional, como é usual ocorrer em missões do género.
MÚLTIPLAS MISSÕES
A Eurogendfor pretende desenvolver capacidades para intervir a nível internacional em todas as tarefas de Polícia, designadamente missões de restabelecimento e manutenção da ordem pública, investigação criminal, vigilância e recolha de informações, controlo de tráfico de ilícitos, Polícia de fronteiras, protecção e segurança de pessoas e bens e formação de formadores e oficiais de Polícia.
O resultado da reunião está a ser aguardado com expectativa por parte dos representantes dos países que pertencem ao grupo e que participam no encontro que está a realizar-se no Porto, cujas conclusões serão hoje divulgadas publicamente ao final da tarde.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)