Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

GNR sem gasóleo para patrulhas

O Destacamento de Trânsito de Faro da GNR "está sem dinheiro para combustível, pelo que as patrulhas já não saem", revelou ontem ao CM o presidente da Associação Sócio-Profissional Independente da Guarda (ASPIG).
26 de Maio de 2011 às 00:30
O Destacamento de Trânsito da GNR tem cerca de três dezenas de carros na região algarvia
O Destacamento de Trânsito da GNR tem cerca de três dezenas de carros na região algarvia FOTO: RUI PANDO GOMES

Em causa estão cerca de três dezenas de veículos, repartidos pelo Comando do Destacamento (em Albufeira), Lagos e Tavira, que neste momento "só saem em caso de acidente", explicou José Alho. A situação "resulta dos cortes orçamentais impostos pelo Governo", continuou, "anteontem as viaturas já estiveram paradas".

Antes, a dotação mensal para o Destacamento "permitia adquirir 12 mil litros de combustível [gasóleo], devido aos cortes, foi reduzida para oito mil e, a verdade, é que, com o aumento do preço do combustível, nem para isso chega", esclareceu José Alho.

A situação é "preocupante", frisou o presidente da ASPIG, pois "há o risco de não se poderem cumprir os objectivos operacionais, quando começa a época alta do turismo algarvio". O tenente-coronel Costa Lima, porta--voz da GNR, garantiu ao CM , que "em resultado de uma gestão rigorosa ainda não se verificou uma situação de ‘paragem' da actividade operacional". Confirmou o "ajustamento dos consumos" e sublinhou que o tempo que se vive é, para a GNR, de "grande e rigorosa gestão dos meios disponíveis". 

GNR Albufeira Algarve Lagos Tavira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)