Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

GNR trava assalto a casa de ladrão

Suspeitos tentaram levar o cofre do pai de Roy Carvalho.
Francisco Manuel 11 de Abril de 2017 às 08:49
Roy de Carvalho, à esquerda, já cumpriu pena por roubo e tentativa de homicídio
GNR
GNR
Roy de Carvalho, à esquerda, já cumpriu pena por roubo e tentativa de homicídio
GNR
GNR
Roy de Carvalho, à esquerda, já cumpriu pena por roubo e tentativa de homicídio
GNR
GNR
Dois homens tentaram assaltar, no domingo à tarde, a casa de Roy Carvalho, o cadastrado de 45 anos que, em 2011, baleou o dono da padaria S. Vicente durante um roubo armado. A GNR deteve os ladrões, de 24 e 33 anos, a poucos metros da residência atacada, na freguesia da Branca, concelho de Albergaria-a-Velha. O alvo seria o cofre onde o pai de Roy Carvalho guarda objetos de valor, mas a rápida chegada da patrulha tramou Fábio Silva e Nelson Santos.

O crime ocorreu cerca das 16h00. Foi um vizinho que viu os dois homens, residentes em Matosinhos e Gondomar, a entrar na casa, tendo alertado a GNR. Em poucos minutos, a patrulha chegou ao local. Assim que se aperceberam da presença dos guardas, Fábio e Nelson fugiram, mas foram perseguidos pelos dois militares, que os detiveram poucos instantes depois.

Na altura, nem Roy - que cumpriu quatro anos de prisão por roubo e tentativa de homicídio ao dono da padaria vizinha, a quem depois colocou um processo por agressões -, nem o pai estavam na habitação. Segundo o CM apurou, os dois ladrões já tinham acedido ao cofre, mas ainda não tinham conseguido chegar às gavetas com os objetos de valor.

Fábio e Nelson foram levados para o posto da GNR e mantiveram-se em silêncio. Foram constituídos arguidos e libertados, enquanto decorrem as investigações. Nelson, o mais velho da dupla, já cumpriu pena de prisão por tentativa de homicídio. Saiu da cadeia há sete anos e está indiciado por vários furtos.
Roy Carvalho Fábio Silva Albergaria-a-Velha S. Vicente GNR Branca Nelson Santos Matosinhos Gondomar crime
Ver comentários