Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Golpe de mar afoga banhistas espanhóis

Dois turistas, de 47 e 50 anos, foram retirados da água por surfistas, na praia do Amado .
Ana Palma 9 de Setembro de 2016 às 01:45
Nadador-salvador da praia do Amado tentou resgatar as vítimas com o apoio de uma prancha
Nadador-salvador da praia do Amado tentou resgatar as vítimas com o apoio de uma prancha FOTO: Direitos Reservados
Apanhados pela forte ondulação que ontem se fazia sentir na Costa Vicentina, dois banhistas espanhóis, um de 47 anos de idade e outro de 50, morreram ao início da tarde, vítimas de afogamento, na praia do Amado, concelho de Aljezur.

Segundo referiu ao CM o comandante Pedro Carvalho Pinto, da Capitania do Porto de Lagos, o alerta foi dado pelas 13h00. "Os dois banhistas levaram um golpe de mar e ficaram em dificuldades. O nadador-salvador da zona tentou resgatá-los com o apoio de uma prancha, mas não conseguiram. Acabaram por ser recuperados por surfistas que se encontravam na praia", esclareceu. Quando as duas vítimas foram retiradas da água, encontrava-se "ambas inanimadas", adiantou o mesmo responsável.

Os meios de socorro foram alertados e compareceram rapidamente no local. Uma equipa do INEM e os Bombeiros Voluntários de Aljezur procederam, durante bastante tempo, a manobras com vista a tentar reanimar as vítimas, que resultaram infrutíferas. Os óbitos dos dois espanhóis acabaram por ser declarados no local, tendo os corpos sido transportados para o Gabinete Médico-Legal de Portimão, onde vão ser autopsiados para que sejam determinadas com exatidão as causas da morte. Ainda segundo Pedro Carvalho Pinto, "os banhistas terão entrado na água na parte norte da praia, não vigiada". Contudo, quando foram recuperados "encontravam-se já numa área vigiada".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)