Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Governo do Brasil leiloa casas de narcotraficante português

Detido em 2005, ia enviar cocaína para Portugal.
Cláudia Machado 3 de Fevereiro de 2020 às 08:59
Polícia brasileira
Polícia brasileira
Polícia brasileira
Polícia brasileira
Polícia brasileira
Polícia brasileira
O narcotraficante luso António dos Santos Dâmaso, conhecido no Brasil como o ‘Português’ e considerado o cabecilha de uma rede internacional de tráfico, foi caçado no Rio de Janeiro, em 2005, quando preparava o envio de duas toneladas de cocaína pura, dissimuladas no meio de 50 toneladas de carne congelada que iria ser exportada legalmente para Portugal.

O império do criminoso português ficou nas mãos da Justiça brasileira, que agora vai leiloar vários apartamentos de luxo que este detinha nas prestigiadas zonas da Barra da Tijuca, no Leblon e em Ipanema, todos na cidade do Rio de Janeiro e no valor de largos milhões de euros.

Os imóveis fazem parte de um primeiro leilão de bens que pertenciam a narcotraficantes que o Governo brasileiro se prepara para alienar em leilão.

Nesta lista estão ainda dois apartamentos, avaliados em 1,4 milhões de euros cada, num condomínio em Itapema, no mesmo prédio de Neymar– craque do Paris Saint-Germain–, apreendidos ao barão do tráfico Luiz Carlos da Rocha, avança a imprensa brasileira. Um destes vai ser leiloado com o recheio completo, incluindo até os talheres.
Ver comentários