Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Governo faz queixa-crime contra 'hooligans' dos distúrbios de Guimarães

Confrontos terão ocorrido "com elevado grau de premeditação", segundo o Ministério da Administração Interna.
Miguel Curado 10 de Agosto de 2022 às 19:14
carga policia, vitoria guimaraes
Adepto com camisola do Benfica
carga policia, vitoria guimaraes
Adepto com camisola do Benfica
carga policia, vitoria guimaraes
Adepto com camisola do Benfica

O Ministério da Administração Interna (MAI) apresentou queixa-crime contra os 154 adeptos (122 croatas apoiantes do Hajduk Split, 23 portugueses da claque do Benfica ‘No Name Boys’, e 9 de quatro outras nacionalidades), por indícios da prática do crime de participação em motim.

O grupo foi identificado pela PSP nos momentos que se seguiram aos distúrbios de terça-feira à noite na zona histórica vimaranense. De acordo com comunicado do MAI, o grupo alargado de apoiantes do Hajduk Split que se deslocou a Guimarães para apoiar a equipa croata no jogo da Liga Conferência, chegou a Portugal, na sua maioria, fora do controlo das autoridades policiais do país de origem.

O confronto que se desencadeou na terça-feira à noite terá ocorrido, analisa o MAI, "com elevado grau de premeditação, e com a participação de membros de pelo menos um grupo organizado de adeptos nacional". O CM sabe que se trata dos No Name Boys, claque não reconhecida do Benfica.

Os intervenientes croatas e portugueses espalharam-se por várias localidades da zona Norte, para assim escaparem ao controlo das autoridades policiais.

A PSP, sustenta o MAI, "preparou um dispositivo adequado a esta situação, e que foi reforçado durante os distúrbios na zona histórica de Guimarães".

Este reforço vai manter-se durante e após o final do jogo desta quarta-feira, e vai contar com o apoio da GNR noutros pontos do país. O policiamento só terminará após a saída de todos os adeptos croatas do país.

Guimarães MAI Ministério da Administração Interna Hajduk Split No Name Boys desporto crime lei e justiça
Ver comentários