Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Governo garante dois mil polícias

A PSP e a GNR vão ser reforçadas com dois mil novos elementos na sequência dos cursos de formação previstos até ao final da legislatura (Outubro de 2009). A garantia foi dada ontem em Portalegre pelo ministro da Administração Interna, Rui Pereira, após o compromisso de honra de 1240 novos militares da GNR, formados nas escolas daquela cidade e na Figueira da Foz.

24 de Maio de 2008 às 00:30
Ministro Rui Pereira presidiu à cerimónia do compromisso de honra de 1240 novos militares da GNR
Ministro Rui Pereira presidiu à cerimónia do compromisso de honra de 1240 novos militares da GNR FOTO: Nuno Veiga, Lusa

"Em Dezembro entraram mais mil agentes da Polícia e hoje [ontem] mais 1240 militares da GNR. Mas queremos reforçar ainda mais e até ao fim da legislatura vão entrar mil praças na GNR e mil agentes na PSP", disse o ministro em resposta às questões sobre a falta de efectivos, sobretudo nos postos da GNR no Algarve.

Rui Pereira frisou ainda, momentos antes de António Costa – na qualidade de antigo ministro da Administração Interna –, ter sido agraciado com a medalha de ouro de Portalegre por ter defendido a manutenção da escola da GNR na cidade, e que a construção desta infra-estrutura não irá provocar a interrupção da formação.

O futuro Agrupamento de Instrução de Praças, que deverá entrar em funcionamento em finais de 2011, será construído na Herdade das Coutadas, cedida pelo município, com um investimento governamental de 65 milhões de euros. A unidade terá capacidade para 2500 formandos.

Ver comentários