Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Governo mexe no preço da água

Reforma baixa custo no Interior e sobe no Litoral.
José Rodrigues 10 de Abril de 2015 às 07:55
Moreira da Silva "emagreceu" o Grupo Águas de Portugal
Moreira da Silva 'emagreceu' o Grupo Águas de Portugal FOTO: Hugo Rainho

O preço da água vai subir no grande Porto, Coimbra e costa do Estoril, e baixar em Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Interior e na região de Leiria. Este será o resultado da reforma do setor da água, que prevê a convergência de tarifas entre Interior e o Litoral em cinco anos.

De acordo com o diploma aprovado ontem em Conselho de Ministros, os munícipes do Interior Norte (Trás-os-Montes e Alto Douro) poderão ver a sua tarifa média mensal reduzida em 3,1 euros ainda este ano. Em contrapartida, os do Grande Porto pagarão mais 30 cêntimos por ano durante cinco anos. Nas câmaras do Centro Litoral (Leiria, Batalha, Marinha Grande, Ourém e Porto de Mós), a descida da fatura mensal será de cerca de 1,2 euros já este ano. Na zona de Coimbra sobe 9 cêntimos por ano durante cinco anos. Na Beira Interior, a descida será de 3,3 euros já em 2015. Finalmente, na costa do Estoril, a subida será de 57 cêntimos por ano em cinco anos.

Além da coesão social, com a criação de uma tarifa única, a reforma será feita, segundo o ministro do Ambiente, Moreira da Silva, em nome da coesão territorial. Daí também "um fortíssimo emagrecimento" do grupo Águas de Portugal, agregando as 19 empresas regionais em cinco entidades, e reduzindo os custos em 2,7 mil milhões de euros. As fusões permitem ainda uma redução de dois terços dos órgãos sociais das entidades. Apesar de não se tratar de uma privatização, a reforma foi mal recebida pelo PS, com Marcos Perestrello a dizer que o partido vai usar todos os mecanismos parlamentares e judiciais para travar "este rombo nas algibeiras dos portugueses". Mas há quem aplauda, como a Câmara de Vila Real (PS) e da Guarda (PSD). Sintra e Gondomar, ambas do PS, consideraram a medida ilegal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)