Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Grupo condenado por passar notas falsas de 500 euros

Estratégia dos suspeitos, entre os 46 e 50 anos, passava por usarem as notas para fazerem compras de valor reduzido.
Paula Gonçalves 15 de Dezembro de 2021 às 08:31
Foram julgados em Coimbra
Foram julgados em Coimbra FOTO: Ricardo Almeida
O Tribunal de Coimbra aplicou, esta terça-feira, penas de três anos de prisão, suspensas por igual período, a uma mulher e três homens acusados de passarem notas falsas de 500 euros. Um outro arguido foi condenado numa pena de multa de 1080 euros. Os arguidos estavam acusados de vários crimes, mas o coletivo de juízes decidiu puni-los apenas por um na forma continuada.

A estratégia dos suspeitos, entre os 46 e 50 anos, passava por usarem as notas para fazerem compras de valor reduzido, de forma a poderem receber o máximo de troco em dinheiro verdadeiro. Em cinco dias, em outubro de 2016, tentaram passar 19 notas falsas no valor total de 9500 euros. Nesse período conseguiram trocar 12 falsificações, ganhando seis mil euros.
crime lei e justiça Tribunal de Coimbra crime
Ver comentários
C-Studio