Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Grupo de amigos junta 55 mil euros para Hugo Ernano

Seis mil pessoas conseguiram juntar o dinheiro em 71 dias.
Magali Pinto 1 de Novembro de 2016 às 09:35
Grupo de amigos junta 55 mil euros para Hugo Ernano
Um grupo de amigos conseguiu, em pouco mais de dois meses, juntar 55 mil euros para ajudar Hugo Ernano a pagar a indemnização aos pais do jovem de 13 anos que foi morto pelo militar da GNR durante uma perseguição policial, no dia 11 de agosto de 2008, em Santo Antão do Tojal, concelho de Loures.

Destes 55 mil, 44 mil serão para a mãe e 11 mil para o pai, que levou o filho para o assalto a uma vacaria que culminou numa perseguição e consequente morte do menor.

Ao que o CM apurou, o grupo Voar pelo Hugo é composto por seis mil pessoas que precisaram apenas de 71 dias para conseguir o montante de que Hugo Ernano não dispunha e que foi condenado a pagar. A par da indemnização, Ernano cumpre quatro anos de pena suspensa.

Atualmente, o militar está suspenso, uma sanção aplicada pela GNR que vai durar até janeiro e que faz com que receba apenas um terço do ordenado.

O CM contactou Hugo Ernano, que se mostrou muito feliz. "Ganhei uma nova família. Tiraram-me uma grande cruz de cima das costas. Estas pessoas não me ensinaram a voar, mas a acreditar e a ter esperança", agradeceu.
Hugo Ernano GNR Santo Antão do Tojal grupo Voar questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)