Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Grupo Lena usa offshore para comprar hotel

Nome da empresa portuguesa nos 'Papéis do Panamá'.
Tânia Laranjo 30 de Abril de 2016 às 02:46
Além  do  Grupo Lena, foi ainda revelado que os empresários  Vasco Pereira Coutinho, Filipe de Botton e Alexandre Relvas estão referidos nos mesmos documentos
Além do Grupo Lena, foi ainda revelado que os empresários Vasco Pereira Coutinho, Filipe de Botton e Alexandre Relvas estão referidos nos mesmos documentos FOTO: EPA
O Grupo Lena comprou um hotel recorrendo a uma offshore situada no Panamá e cuja informação está nos documentos que estão a ser divulgados pelo Consórcio de Jornalistas.

O nome da empresa envolvida no processo Marquês foi ontem divulgado pelo ‘Expresso’, depois de  se saber que também Carlos Santos Silva e Hélder Bataglia, igualmente arguidos no processo, tinham contas no Panamá. As autoridades defendem que os milhões do amigo da Covilhã eram de José Sócrates.

Além do Grupo Lena, foi ainda revelado que os empresários Vasco Pereira Coutinho, Filipe de Botton e Alexandre Relvas estão referidos nos mesmos documentos.

A estes nomes juntam-se outros: Graça Viterbo, decoradora, bem como Luís Caprichoso, antigo administrador do BPN. Novas revelações dão conta de que familiares de Ricardo Salgado também tinham contas no Panamá. Designadamente Manuel Espírito Santo, que usou contas offshore para comprar apartamentos, e António Ricciardi, que tinha a The Alvalade Foundation. Faziam parte do conselho superior do GES.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)