Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Guarda prisional admite ter agredido jovem que morreu em Coimbra

Presente a tribunal, homem confessou que deu "alguns socos" no rapaz, mas que se arrependeu de imediato.
P.G. 12 de Setembro de 2018 às 09:22
Guarda prisional com o seu advogado
Homem algemado
Guarda prisional com o seu advogado
Homem algemado
Guarda prisional com o seu advogado
Homem algemado
O guarda prisional, de 40 anos, acusado com outros dois homens de ter agredido um jovem, de 18 - que morreu horas depois - admitiu esta terça-feira, no Tribunal de Coimbra, ter dado "alguns socos".

Mas disse ter-se arrependido no momento seguinte e lamentou "profundamente" o desfecho.

Na sessão, foram ainda ouvidos amigos da vítima, Leonardo Queda, que o acompanhavam em setembro de 2016, nas festas de Montemor-o-Velho.

"Bateram-lhe como se fosse um boneco, um saco de boxe. Parecia uma coisa do outro Mundo", descreveu um dos amigos.
Tribunal de Coimbra Montemor-o-Velho crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)