Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Gulbenkian acusada de fraude de 1,2 milhões de euros luta contra extradição

Angela Gulbenkian recorreu para o Supremo Tribunal de Justiça para contestar a extradição para o Reino Unido.
João Carlos Rodrigues 4 de Novembro de 2020 às 09:02
A alemã Angela Gulbenkian, de 38 anos, está em prisão preventiva
A alemã Angela Gulbenkian, de 38 anos, está em prisão preventiva FOTO: Bruno Simão
Angela Gulbenkian, a mulher do sobrinho-bisneto do milionário arménio que está detida desde junho por fraude de 1,2 milhões de euros, recorreu para o Supremo Tribunal de Justiça para contestar a extradição para o Reino Unido, país que emitiu o Mandado de Detenção Europeu pelo qual foi presa. A empresária alemã, de 38 anos, está em prisão preventiva e o julgamento, em Londres, foi agendado para 8 de fevereiro.

Na origem do processo está a ‘Abóbora de Kusama’, uma escultura do artista japonês Yayoi Kusama. Angela Gulbenkian terá recebido 1,2 milhões de euros do colecionador de arte Mathieu Ticolat para adquirir a obra. Mas a empresária nunca entregou a ‘Abóbora’ ao comprador nem o dinheiro. Há quase dois anos que a justiça inglesa procurava a empresária, que acabou por ser detida em Portugal pela Polícia Judiciária.

Angela é casada com Duarte Gulbenkian e terá usado o apelido e uma alegada ligação à Fundação com o mesmo nome para se credibilizar no mercado internacional de arte.

Ver comentários