Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Haxe vinha a caminho

Escolheram um local quase deserto – um parque natural na zona de Huelva, Espanha – para descarregar o haxixe. Depois, na madrugada de sábado para domingo, iniciaram o transporte da droga com destino, ao que tudo indica, a Portugal.
3 de Fevereiro de 2005 às 00:00
A fronteira estava ali a menos de 100 quilómetros mas não conseguiram sequer sair do parque. A Guardia Civil interceptou dois traficantes (outros três escaparam) e apreendeu 8,2 toneladas de haxixe.
Segundo adiantou ao CM fonte da Guardia Civil, os detidos são dois ucranianos, ambos de 29 anos, residentes em Portugal.
A proximidade da fronteira e o facto de os suspeitos viverem no País e se fazerem transportar em jipes de matrícula portuguesa, leva as autoridades espanholas a dar como seguro que a droga iria entrar em Portugal, supostamente pelo Algarve.
A Polícia Judiciária (PJ), que já está a par desta apreensão de haxixe, diz não poder confirmar se a droga viria para o País.
O sigilo das autoridades portuguesas justifica-se com o facto de a operação ainda não estar encerrada, prosseguindo as investigações junto das residências dos detidos e para apurar se as viaturas lhes pertenciam ou se foram furtadas.
Segundo a Guardia Civil, pelo menos três traficantes escaparam ao flagrante dado no Parque Natural de Doñana. É que apenas foram detidos os condutores de dois dos cinco jipes encontrados com droga. Os outros conseguiram fugir a pé, em diversas direcções, aproveitando a noite escura.
As viaturas – quatro Toyota Land Cruiser e um Nissan Patrol GR – estavam com todos os bancos rebatidos, excepto o do condutor, de forma a conseguirem transportar a maior quantidade de droga possível. A Guardia Civil contabilizou nos cinco jipes 261 fardos de haxixe, num total de 8,2 toneladas daquela droga, a maior ‘colheita’ de sempre na zona de Huelva.
Esta apreensão leva a crer que os traficantes passaram a evitar os desembarques na costa algarvia. Isto devido às recentes operações da PJ, que no final do ano passado apreendeu no Algarve mais de uma dezena de toneladas de droga, fruto do reforço de meios naquela região.
ANDAVAM DE LUZES APAGADAS
Os ucranianos foram apanhados porque uma patrulha da Guardia Civil estranhou o facto de cinco jipes andarem, de madrugada, em caravana numa zona de praia pouco frequentada e, para mais, com as luzes apagadas.
O Parque Natural de Doñana é considerado um local privilegiado para o desembarque, por via marítima, de haxixe com origem no Norte de África. Trata-se de uma zona de vastos areais, quase deserta e com reduzida vigilância policial.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)