Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

HAXIXE ÀS TONELADAS

Perto de quatro toneladas e meia de haxixe, repartidas por 136 fardos com 30 a 40 quilos cada, foram ontem apreendidas, no Algarve, pelo Destacamento Fiscal de Portimão da GNR, em duas operações realizadas no concelho de Vila do Bispo: uma na Praia das Furnas e outra na Ponta Ruiva.
25 de Junho de 2003 às 00:00
Esta foi a maior apreensão de droga realizada este ano no Algarve, tendo a Brigada Fiscal (BF) identificado ainda 16 homens – 11 espanhóis, quatro portugueses e um marroquino – e apreendido três jipes, um furgão Mercedes (tudo viaturas de alta cilindrada), um bote semi-rígido de cinco metros de comprimento, com motor fora-de-borda e 30 jerricãs de gasolina.
De acordo com o comandante Sérgio Silva, da BF-Portimão, tudo começou cerca das 04h00, quando uma patrulha da BF de Sagres, em serviço na zona, detectou movimentos suspeitos na Praia das Furnas, verificando que se tratava de um desembarque de droga. Os dois militares da BF deram de imediato o alerta, tendo o reforço – duas lanchas por mar e mais sete viaturas por terra – avançado de imediato para o local.
Ao aperceber-se da aproximação das autoridades, os traficantes que procediam à descarga puseram-se em fuga a pé, deixando o jipe a trabalhar e 60 fardos, com o peso total de duas toneladas e seis quilos, no areal. Uma das lanchas da BF interceptou, entretanto, um bote semi-rígido, cujos tripulantes acabaram por abandoná-lo e puseram-se igualmente em fuga, a pé.
A BF desencadeou então uma busca homem a homem, vindo a interceptar os referidos 16 indivíduos em diversos pontos da zona, nomeadamente em Budens e Salema. No processo foram disparados, pelos militares, alguns tiros de intimidação.
Suspeitando de que poderiam estar a ocorrer outras descargas, o comandante Sérgio Silva deu então indicações a todo o efectivo da BF no Algarve no sentido de efectuar buscas em todas as praias da zona, vindo, horas depois, a ser encontradas mais duas viaturas e 76 fardos de droga, com 2300 quilos, na água e no areal, na Ponta Ruiva, perto de Sagres.
As autoridades suspeitam que se tratariam de duas redes, ambas espanholas, sendo a droga proveniente de Marrocos e com destino a vários pontos da Europa. Todas as viaturas apreendidas eram espanholas.
Os fardos apreendidos na Praia das Furnas tinham todos a inscrição GB, suspeitando-se que seriam destinados à Grã-Bretanha.
Embora o ‘modus operandi’ das duas descargas tenha sido idêntico, o material tinha características e origens distintas. Daí a suspeita de que se tratariam de duas redes.
Para a BF, uma coisa é certa: trata-se de tráfico em larga escala, valendo o haxixe apreendido, no mercado, “largos milhões de euros”. A fim de recolher o material e as viaturas (duas das quais estavam atoladas – as da Ponta Ruiva), foi utilizado um tractor da Câmara de Vila do Bispo.
DESCARGAS NA COSTA ALGARVIA
O Algarve, pelas características da sua costa – “segura e com muitos esconderijos possíveis” – é uma zona particularmente propícia às descargas de droga, sobretudo de haxixe proveniente de Marrocos. Isso mesmo foi explicado pelo comandante do Destacamento da Brigada Fiscal de Portimão, que ontem apreendeu quatro toneladas e meia daquele produto estupefaciente em duas praias do concelho de Vila do Bispo, ambas de difícil acesso e por isso pouco frequentadas.
A Praia das Furnas, em particular, parece agradar bastante aos traficantes de droga, tendo ali sido apreendidos, pela BF, no dia 26 de Setembro do ano transacto, mais 2 800 quilos de haxixe. Na altura foram detidos sete homens.
O método dessa descarga foi semelhante às de ontem: ao que tudo indica, a droga terá sido transportada até alto-mar numa embarcação de dimensões significativas, sendo depois transportada, para terra, durante a noite, em pequenos botes. Uma vez descarregada no areal, seria então transportada em jipes ou furgões para o local de destino.
Nas duas operações ontem realizadas, por mar e por terra, estiveram envolvidos 52 homens da BF. A PJ de Portimão procede agora às investigações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)