Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Helicóptero em risco de cair ao mar

Um helicóptero da Força Aérea esteve em risco de cair no mar, na sexta-feira, devido a uma avaria durante uma operação de resgate, a 400 milhas (720 km) da ilha das Flores, nos Açores.
21 de Abril de 2008 às 00:30
Helicóptero em risco de cair ao mar
Helicóptero em risco de cair ao mar FOTO: D.R.

Na madrugada de sexta-feira, um helicóptero EH-101 Merlin respondeu a um pedido de auxílio, emitido por um paquete onde um passageiro apresentava sintomas de acidente vascular cerebral (AVC).

Quando o aparelho já se encontrava a sobrevoar o navio teve de abortar a missão, devido a uma falha mecânica. O CM apurou que a tripulação do helicóptero chegou a comunicar a possibilidade de terem de amarar. No entanto, os militares conseguiram chegar à base da ilha das Flores em segurança.

Os resgate do passageiro acabou por ser realizada pelo outro EH-101 que a Força Aérea mantém na Região Autónoma, com apoio de um avião P-3P ORION.

O helicóptero ficou estacionado na ilha das Flores, mantendo-se inoperacional. Com este incidente, apenas cinco dos doze aparelhos EH-101 Merlin, adquiridos pelo Estado em 2005, estão neste momento operacionais, e mesmo estes estão a funcionar com peças retiradas dos seis aparelhos que não estão a voar.

Apesar de ter gasto 450 milhões de euros na aquisição dos doze helicópteros EH-101, o Estado nunca chegou a celebrar um contrato para a sua manutenção. Segundo informação do gabinete do ministro da Defesa Nacional, Nuno Severiano Teixeira, os contratos de manutenção de longo prazo estão agora em fase final de negociação.

A frota de EH-101 Merlin, fornecida pela empresa italo-britânica AgustaWestland, tem revelado vários problemas técnicos. Em Novembro de 2007, ocorreram dois incidentes com estes helicópteros, um no Montijo e outro em S. Miguel, Açores, este último com feridos (ver Falhas). A situação levou a Força Aérea Portuguesa a levantar um inquérito, no qual participou a AgustaWestland. Na altura foram impostas restrições à utilização destes aparelhos.

O inquérito revelou que os incidentes não resultaram de erro humano, no entanto a AgustaWestland não conseguiu descobrir as falhas técnicas que estiveram na origem das avarias dos helicópteros. As restrições aos voos foram levantadas no final do mês de Janeiro deste ano. .

FALHAS

HELIS PUMA

A actividade dos EH-101 Merlin na Força Aérea iniciou-se em Fevereiro de 2006. Estes aparelhos substituíram os antigos Puma, ao serviço há 35 anos. Estes últimos, perante os problemas dos novos helicópteros, poderão voltar a ser utilizados.

CINCO FERIDOS

A 15 de Novembro de 2007 cinco pessoas ficaram feridas, incluindo a médica Helena Lima (na foto), quando um EH-101 fazia a evacuação de uma grávida da ilha de São Jorge para a Terceira. O helicóptero subiu bruscamente cerca de um metro e caiu logo a seguir.

MONTIJO

Poucos dias depois do acidente ocorrido nos Açores, o helicóptero EH-101 estacionado na Base Aérea n.º 6, no Montijo, teve uma avaria durante o resgate de um tripulante de um cargueiro, ao largo da costa de Lisboa. Mesmo assim, a missão foi cumprida

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)