Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Helicópteros Merlin chegam aos Açores

Os novos helicópteros EH-101 ‘Merlin’ da Força Aérea começam a operar nos Açores na próxima quinta-feira, substituindo os ‘Puma’, ao serviço no aquipélago há trinta anos.
27 de Novembro de 2006 às 00:00
Para assinalar a despedida dos Puma, a Força Aérea fez uma pintura especial num dos aparelhos
Para assinalar a despedida dos Puma, a Força Aérea fez uma pintura especial num dos aparelhos FOTO: d.r.
Esta substituição não é vista com bons olhos pelo presidente do Governo Regional, Carlos César, já que os custos das operações de emergência da Protecção Civil e dos Serviços de Saúde, nomeadamente o transporte de doentes entre ilhas, sobem de 2300 para 4230 euros por hora.
Nesse sentido, Carlos César disse que o seu executivo deu indicações à SATA, a transportadora aérea regional, para estudar a hipótese de aquisição de equipamentos que possibilitem a utilização de aviões da sua frota em algumas acções de emergência.
O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Taveira Martins, não quis comentar a posição de Carlos César, salientando que os valores aplicados nas operações são apenas preços de custo.
Taveira Martins estará presente na cerimónia de despedida simbólica dos helicópteros Puma, que se realiza quinta-feira nos Açores, a única região onde aqueles aparelhos ainda estão ao serviço.
Nos 30 anos que os Puma operaram nos Açores fizeram mais de 26 mil horas de voo, o transporte de 2733 pessoas em 1146 missões de evacuação, busca, salvamento e transporte de doentes entre as nove ilhas dos Açores.
Do total de missões, 320 foram de busca, salvamento e evacuações de tripulantes de navios ao largo dos Açores (foram resgatados 339 doentes ou náufragos – a maior operação de resgate realizou-se em 1997, durante o afundamento do ‘MSC Carla’, com a recuperação de 32 tripulantes naufragados). As restantes 826 missões foram evacuações médicas entre ilhas (2394 doentes).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)