Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem agride companheira com faca e garrafa durante mais de dois anos em Valongo

“Vou-te rasgar toda, corto-te a cabeça”, disse agressor à vítima.
Nelson Rodrigues 23 de Setembro de 2019 às 08:37
Agressão
Algemas
Detido
Agressão
Algemas
Detido
Agressão
Algemas
Detido
O casal manteve uma relação amorosa durante mais de dois anos mas a vida em comum foi sempre marcada pela violência por parte do homem.

Entre junho de 2016 e dezembro de 2018, o arguido ameaçou várias vezes a mulher de morte e agredia-a com frequência com garrafas de vidro e com uma faca.

"Vou-te rasgar toda, corto-te a garganta e ficas já morta. Vou-te cortar a cabeça. Não sabes do que eu sou capaz", lê-se no processo consultado pelo CM.

Mesmo quando foi detido pela GNR, na casa em que viviam, em Sobrado, Valongo, e já na presença dos militares, o arguido, de 73 anos, continuou com as ameaças à mulher e também às autoridades.

"Quando sair vou-vos matar a todos. Lá por terem farda não são mais do que eu. Vou matar também aquela vaca", disse o homem, que está atualmente em prisão preventiva e vai ser julgado no Tribunal de S. João Novo, no Porto.

O arguido está acusado de um crime de violência doméstica e ameaça agravada. Inicialmente o agressor estava em liberdade e proibido de contactar com a vítima, controlado por meios eletrónicos. Porém, violou esta medida de coação duas vezes e foi colocado na cadeia no passado dia 26 de agosto.

O processo refere que o arguido ficava mais violento sempre que ingeria bebidas alcoólicas em excesso. Devido à violência do companheiro, a vítima, de 58 anos, chegou a sair de casa e refugiou-se noutra habitação no concelho de Paredes. O agressor nega todos os crimes pelos quais está acusado.
crime lei e justiça questões sociais maus-tratos punição / sentença prisão polícia crime julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)