Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem ateia fogo à mulher que violou há cerca de 20 anos. GNR encontrou vítima embrulhada em cobertor

Agressor de 69 anos mantinha atualmente relação com a vítima de 33 anos, em Sousel, Portalegre.
Hugo Rainho 21 de Outubro de 2020 às 14:45
Baltazar José
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Baltazar José
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Baltazar José
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Casa onde morava o agressor
Um homem, Baltazar José de 69 anos, ateou fogo à mulher de 33 anos em Sousel, Portalegre. O alerta foi dado pelo próprio agressor ao início da tarde desta terça-feira, cerca das 14h12. 

Quando a GNR chegou ao local, o homem já se encontrava no exterior da carpintaria, enquanto a mulher estava embrulhada em cobertores no interior do edifício, propriedade do agressor e onde residia no andar de cima.

A vítima foi transportada para o hospital de Évora e transferida para o Hospital São José em Lisboa com 70% do corpo queimado, Baltazar foi detido e a investigação passou para a Polícia Judiciária, que acredita tratar-se de um crime de tentativa de homicídio. O agressor e a vítima tinham uma relação casual e terá sido o ciúme que motivou o homem a cometer o crime.

As duas pessoas também tinham estado envolvidas recentemente no despiste de um veículo, perto da habitação do homem.

Há cerca de 20 anos, a mulher tinha sido vítima deste homem por pedofilia. O agressor foi a julgamento e foi condenado, tendo cumprido 4 anos no Estabelecimento Prisional de Elvas.

Atualmente mantinham uma relação casual, o agressor está detido e aguarda ser presente a primeiro interrogatório do Ministério Público para conhecer as medidas de coação.
Baltazar José Sousel Estremoz questões sociais crime lei e justiça crime
Ver comentários