Homem aterroriza mãe durante um ano em Lisboa

PSP deteve agressor de 40 anos. Juiz decretou-lhe cadeia.
Por Magali Pinto|29.12.18
A primeira denúncia às autoridades foi reportada pela própria vítima numa esquadra da PSP de Lisboa. Estávamos em agosto de 2017. A mulher de 75 anos dava conta de que era ameaçada e violentada pelo próprio filho dentro de casa. Mais de um ano depois, as agressões continuavam - cada vez mais graves - até que a Polícia avançou para a detenção do homem de 40 anos.

Desempregado e completamente dependente da progenitora, o agressor não escapou à medida de coação mais gravosa - a prisão preventiva. Segundo o comunicado da Procuradoria-Geral da República, a vítima vivia perturbada, "tendo medo de residir e de estar na sua própria casa". Um outro filho foi detido, mas ficou com apresentações periódicas - por violência psicológica.

A Procuradoria dá conta ainda de um caso de violência doméstica em que um homem com cerca de 30 anos foi também preso por maltratar a ex-companheira com quem viveu durante um ano. Estava proibido de contactar a vítima, ordem que desrespeitou.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!