Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Homem bate e ameaça matar a mulher cega

Agressor de 58 anos foi detido pela GNR por ofensas e agressões à mulher há quase 30 anos no Algarve.
João Mira Godinho e Rui Pando Gomes 1 de Dezembro de 2018 às 01:30
Violência doméstica
Violência
MP do distrito judicial de Lisboa recebe 2.700 casos por violência doméstica no 1º trimestre
Violência doméstica
Violência doméstica
Violência
MP do distrito judicial de Lisboa recebe 2.700 casos por violência doméstica no 1º trimestre
Violência doméstica
Violência doméstica
Violência
MP do distrito judicial de Lisboa recebe 2.700 casos por violência doméstica no 1º trimestre
Violência doméstica
Um homem, de 58 anos, foi detido pela GNR, em Lagos, por ofensas e agressões à mulher, de 51, que é cega. Também em Portimão, um homem, de 55 anos, foi detido, pela PSP, por violência doméstica contra a ex-companheira.

Em Lagos, a vítima invisual casou com o marido há 30 anos e desde o início do relacionamento que o homem se mostrou muito violento, principalmente quando ingeria bebidas alcoólicas.

A agressividade foi aumentando, de ofensas e ameaças como "vagabunda", "p..." e "qualquer dia mato- –te", o homem passou às agressões, que aconteceram por mais de uma vez e sem que esta se conseguisse defender, uma vez que é cega.

Na quinta-feira, foi detido pela GNR. Presente a tribunal, ficou proibido de viver na casa que partilhava com a mulher e de se aproximar dela. Foi ainda apreendida uma arma e munições.

Em Portimão, o Ministério Público ordenou a detenção de um homem, de 51 anos, pelo mesmo crime. O agressor não aceitou a separação da ex-companheira, de 55 anos, que passou a ameaçar e a agredir no local de trabalho e no interior do prédio onde reside.

PORMENORES 
Arma e munições
Na busca à casa de Lagos, a GNR encontrou uma caçadeira e 80 munições. O homem ficou proibido de usar armas.

Pulseira
Foi colocada uma pulseira eletrónica no homem, que avisará as autoridades caso se aproxime da vítima.

Proibição
Em Portimão, o homem ficou proibido de permanecer na cidade e é vigiado por meios de controlo à distância.
Lagos GNR PSP Portimão Ministério Público crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)