Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem de 37 anos detido após violar e agredir a filha em Évora

Suspeito foi detido, na quarta-feira, por ordem do Ministério Público.
4 de Abril de 2019 às 13:39
x
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
x
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
x
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
Um homem de 37 anos foi detido e vai ficar em prisão preventiva por suspeitas de violência doméstica e abuso sexual de uma filha menor, divulgou esta quinta-feira o Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora.

Segundo um comunicado publicado na página da internet do DIAP de Évora, o suspeito foi detido, na quarta-feira, por ordem do Ministério Público, que dirigiu um inquérito no qual se investigam suspeitas da prática de crimes de violência doméstica e de abuso sexual de crianças agravado.

"O arguido é suspeito de manter, de forma reiterada e intensamente, ao longo de anos de relacionamento com a vítima maior, comportamentos reveladores de uma personalidade violenta, descompensada, propensa à ilegalidade e avessa às normas que regem a vida em sociedade", refere o comunicado.

O DIAP de Évora realça que o homem também é suspeito de evidenciar "um total desprezo pela integridade física e psíquica, bem-estar e saúde e, até, a vida da companheira e das duas filhas menores de ambos e de, pelo menos em duas ocasiões, ter abusado sexualmente de uma das filhas menor e que com ele residia".

De acordo com o comunicado, o suspeito, que está indiciado pela prática de três crimes de violência doméstica e dois de abuso sexual de crianças agravado, ficou em prisão preventiva, por "perigo de continuação da atividade criminosa e perturbação da ordem e da tranquilidade públicas e do decurso do inquérito e perigo de fuga".

O inquérito está em segredo de justiça e corre termos no DIAP de Évora.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)