Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem detido por agredir e ameaçar de morte ex-companheira. Agressor tinha sete armas e munições de guerra

Suspeito exercia violência física, psicológica e verbal sobre a ex-mulher, de 59 anos. Caso ocorreu em Arouca.
Manuel Jorge Bento 26 de Agosto de 2021 às 10:29
Violência doméstica
Violência doméstica FOTO: iStockPhoto

Um homem de 63 anos foi detido pela GNR por agredir e ameaçar de morte a ex-mulher, em Arouca. Foram-lhe apreendidas sete armas e mais de 800 munições, quatro das quais tinham calibre de guerra.

Segundo a GNR, o suspeito exercia violência física, psicológica e verbal sobre a ex-mulher, de 59 anos, tendo chegado a ameaçá-la de morte. Após uma investigação de 10 dias, o Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas de S. João da Madeira cumpriu um mandado de detenção e uma busca domiciliária, na sexta-feira da semana passada.

Entre o material apreendido, destacam-se duas armas de ar comprimido, outras três de caça, um revólver, uma caneta transformada em arma de fogo e mais de 800 munições, sendo quatro delas de calibre de guerra, além de uma faca de abertura automática.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial em Santa Maria da Feira. Terá de apresentar-se todas as semanas no posto policial da área de residência. Está proibido de contactar a vítima, por qualquer meio, bem como de adquirir qualquer tipo de arma.

Agressor GNR GNR questões sociais morte política crime lei e justiça defesa polícia armas de fogo
Ver comentários