Homem em cadeira de rodas morre atropelado

Vítima não resiste a ferimentos após ser colhido e arrastado por carro, em Mira.
Por Paula Gonçalves|16.05.18
Fernando Pinho, de 63 anos, tinha ido às compras ontem de manhã e estava a regressar a casa em Carapelhos, Mira, quando a cadeira de rodas elétrica em que seguia foi abalroada e arrastada por um carro. A vítima foi levada em cima do capô da viatura ao longo de 70 metros até ser projetada violentamente contra o asfalto. Fernando Pinho ainda foi socorrido mas morreu no local.

A viatura, conduzida por uma jovem de 22 anos, prosseguiu desgovernada e só parou cerca de 60 metros mais à frente, após ter embatido na parede de uma casa. A condutora, que reside numa outra localidade, sofreu ferimentos ligeiros e ficou em choque, tendo sido transportada para o Hospital de Aveiro.

"Foi de uma violência enorme e não se percebe bem o que aconteceu, nem sequer há marcas de travagem", refere Gabriel Pinho, presidente da Junta de Freguesia de Carapelhos. A vítima tinha problemas de locomoção desde que sofreu um AVC. "Conseguiu escapar dessa vez à morte, mas agora não resistiu. Era muito cuidadoso na estrada, mas não foi o suficiente", lamenta o autarca. A condutora disse que após o embate não se lembrava de mais nada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!