Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem fica com pulseira eletrónica por incendiar casa em Faro

Detido está também indiciado por violência doméstica.
3 de Maio de 2019 às 12:10
A carregar o vídeo ...
Detido está também indiciado por violência doméstica.

Um homem de 56 anos foi detido esta quarta-feira, em Faro, por ter provocado um incêndio na sua residência.

No seguimento de uma ocorrência de violência doméstica, em que as vítimas, mãe e filha, de 54 e 17 anos, estavam no exterior da habitação, devido ao comportamento agressivo do seu marido, a GNR deslocou-se de imediato ao local, verificando que o agressor se encontrava trancado em casa.

Os militares prestaram auxílio às vitimas, transportando-as para as instalações da GNR, a fim de as acompanhar e de formalizar a denúncia. Momentos depois, e já com as vítimas em segurança, a GNR recebeu uma nova denúncia dando conta de um incêndio a deflagrar na mesma residência, tendo os militares ido ao local, apurando que o agressor deliberadamente tinha ateado fogo ao interior da casa, procedendo à sua detenção.

O detido, após ter sido presente ao Tribunal Judicial de Faro esta quinta-feira, ficou sujeito à medida de coação de afastamento das vítimas, sendo controlado por pulseira eletrónica.

Faro Tribunal Judicial de Faro GNR crime lei e justiça polícia crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)