Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem guardava armas de fogo e grogue em café de bairro

Proprietário tinha 300 litros de aguardente artesanal prontos para venda, no Catujal, em Loures.
Sérgio A. Vitorino 23 de Janeiro de 2020 às 08:45
Armas e os garrafões de aguardente apreendidos no estabelecimento
PSP
Armas e os garrafões de aguardente apreendidos no estabelecimento
PSP
Armas e os garrafões de aguardente apreendidos no estabelecimento
PSP
Um homem de 65 anos, proprietário de um pequeno café na estrada do Talude Militar, no Catujal, Loures, guardava três armas de fogo em lugares estratégicos do estabelecimento: anexo e interior da caixa registadora. Disse que eram para sua proteção. E também do negócio, uma vez que guardava 300 litros de grogue - aguardente ilegal e artesanal feita a partir de cana do açúcar.

Segundo apurou o CM junto de fonte policial, a descoberta ocorreu na segunda-feira à tarde, por dois agentes das brigadas de fiscalização da PSP de Loures que já tinham o estabelecimento sinalizado. O ‘Mira Trancão’ fica numa estrada de terra batida, rodeado de casas abarracadas.

Assim que os polícias abriram a porta do anexo viram logo uma caçadeira. O proprietário disse que era a única arma que tinha, mas os agentes desconfiaram. No mesmo local, dissimulada entre caixas de cartão, estava uma outra caçadeira, mas de canos serrados.

Estava no sistema policial como tendo sido dada como ‘perdida’. Tinha 13 cartuchos. Na registadora estava um revólver, adaptado a calibre 7,65 mm, pronto a disparar. Tinha ainda dois machados e uma foice. O grogue estava em 48 embalagens pronto a ser vendido no café ou para fora.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)