Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Homem leva 18 anos de prisão por matar ex-namorado à facada

André Vieira, de 30 anos, assassinou Miguel Ribeiro, de 20, após discussão e agressões, no Porto.
José Eduardo Cação 5 de Julho de 2019 às 08:21
André Vieira está em preventiva
Miguel Ribeiro foi morto aos 20 anos
Mata ex-namorado à facada no Porto
André Vieira está em preventiva
Miguel Ribeiro foi morto aos 20 anos
Mata ex-namorado à facada no Porto
André Vieira está em preventiva
Miguel Ribeiro foi morto aos 20 anos
Mata ex-namorado à facada no Porto
Face à prova produzida, perícias, e o sangue encontrado na faca, bem como os depoimentos convergentes das testemunhas, o tribunal concluiu que o André foi a última pessoa a estar com a vítima".

Estes foram os pontos principais referidos pela presidente do coletivo de juízes do Tribunal de São João Novo, no Porto, para justificar a pena de 18 anos de prisão a André Vieira, de 30 anos, condenado pela morte do ex-namorado, Miguel Ribeiro, de 20, à facada, no dia 18 de julho de 2018, no Porto.

O arguido vai ainda pagar uma indemnização de cerca de 185 mil euros à família de Miguel. "O tempo que a vítima esteve a agonizar foi ponderado pelo tribunal. Não vimos ciúmes ou insensibilidade, mas o que agravou a pena foi, também, o facto de a vítima ser o seu ex-namorado", sublinhou a juíza Paula Pires, presidente do coletivo.

Os advogados da família de Miguel consideraram a pena "justa e adequada", já a defesa de André Vieira mostrou-se insatisfeita com a decisão do tribunal. "Mantenho a posição que tinha sobre a investigação ter sido mal feita. Nunca se soube onde estava a faca, o tribunal indeferiu pedidos para o apurar e, por isso, não se sabe quem matou", disse João Magalhães, advogado do arguido.

André e Miguel namoraram durante dois anos e mantinham uma relação de amizade. O crime aconteceu em casa da vítima após uma discussão e troca de agressões que culminou com o arguido a esfaquear a vítima, que morreu à porta de casa.
Ver comentários