Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Homem mata companheira e o filho dela de onze anos

A intenção de separação acabou tragicamente para Maria Margarida, uma funcionária camarária de 47 anos e para o seu filho de 11 anos. Ontem, quando foram buscar alguns pertences à sua antiga casa, na Rua Fernando Pessoa, em Alvalade, Lisboa, foram abatidos à queima-roupa pelo marido, que se suicidou de seguida.
22 de Dezembro de 2007 às 00:00
O alerta foi dado cerca das 14h30, depois de um vizinho ter ouvido os tiros. A porta do apartamento foi aberta por uma equipa do Regimento de Sapadores Bombeiros, a mando da PSP que, inicialmente, tomou conta da ocorrência, e nessa altura foram avistados três corpos, já sem vida.
A mulher e o menino, que não era filho do homicida, foram mortos com um tiro de pistola cada um, aparentemente quando estavam a dormir e o homem, de 57 anos, suicidou-se de seguida. Os investigadores admitem que o crime tenha ocorrido horas antes do alerta.
De acordo com uma vizinha, Margarida há cerca de três meses falou-lhe que se ia divorciar do marido, o que aquela desaconselhou. “Ela e o filho vinham cá bastantes vezes e chegaram mesmo a almoçar comigo. Eram uns queridos e ainda anteontem o menino veio a minha casa agradecer uns chocolates que eu lhe tinha dado”, recorda, ainda em estado de choque, Maria da Conceição, uma idosa vizinha do casal.
Fonte próxima da investigação disse que não eram conhecidas ao homem patologias emocionais que permitissem supor um desfecho destes e, segundo declarações de testemunhas, tudo indicava que estava a aceitar bem a separação da mulher.
No entanto, ontem, tudo mudou e, num acto de desespero o indivíduo abateu a mulher e a criança que a acompanhava.
O CM sabe, por outro lado que Margarida tivera recentemente uma consulta médica e que também tinha contactado o projecto Alexandra Solnado que, alegadamente, presta ajuda espiritual.
A Polícia Judiciária que tomou conta do caso, já ouviu duas testemunhas.
A remoção dos corpos só ocorreu ao final da tarde de ontem, tendo o último cadáver, o da criança sido removido para o Instituto de Medicina Legal cerca das 20h45.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)