Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homem mordido por víbora-cornuda em Portalegre

Vítima realizava uma corrida por um percurso da serra quando foi atacado pelo réptil numa das pernas.
2 de Maio de 2019 às 19:13
Hospital de Portalegre
O corpo foi levado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Portalegre
INEM
Hospital de Portalegre
O corpo foi levado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Portalegre
INEM
Hospital de Portalegre
O corpo foi levado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Portalegre
INEM

Um homem, com cerca de 40 anos, ficou esta quarta-feira ferido após ter sido mordido por uma víbora-cornuda, uma espécie venenosa, no parque natural da serra de São Mamede, em Portalegre.

O homem, que vive naquela cidade do Alto Alentejo, realizava uma corrida por um percurso da serra quando foi atacado pelo réptil numa das pernas.

A vítima foi inicialmente transportada para o hospital de Portalegre, onde recebeu tratamento médico, mas acabou depois por ser transferida para uma unidade hospitalar em Lisboa.

Esta espécie de víbora está presente em todo o território nacional, Espanha e em algumas zonas do Norte de África.

Pode atingir um comprimento até 70 centímetros e o seu veneno é tóxico, mas não é fatal.      

São Mamede Portalegre cobra veneno ferimentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)