Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Homem morre a lançar foguetes

Um jovem de 24 anos morreu ontem em Bouçoais, Valpaços, quando os foguetes que tinha preparados num morteiro rebentaram em simultâneo. O homem ficou decapitado pela explosão, que ocorreu quando a procissão de Santa Bárbara passava no local.
14 de Agosto de 2005 às 00:00
A vítima foi decapitada pela explosão da caixa de onde estava a lançar foguetes
A vítima foi decapitada pela explosão da caixa de onde estava a lançar foguetes FOTO: Luís C. Ribeiro
Armando Adegas Pires, pedreiro, 24 anos, natural de São Cornélio, Chaves, era o responsável pelo lançamento dos foguetes – fogo preso – através de três pequenas caixas e de uma outra tipo ‘morteiro’, com dez foguetes. A vítima era casada e deixa órfã uma filha de dois anos.
Por explicar es-tá o que terá corrido mal quando tentava lançar os foguetes, já que, segundo diz a população, “em vez de saírem um a um, como é habitual, ouviu-se um grande estrondo e rebentaram todos de uma vez”.
As mais de quatrocentas pessoas que faziam parte da procissão ficaram alarmadas com os gritos que anunciaram a tragédia. “O padre e os andores já tinham passado para a frente do palco – local de onde o homem lançava o fogo. Foi uma cena de horror. O homem ficou decapitado e partes do corpo caíram nos instrumentos e elementos da banda de música que finalizava o cortejo”, explicaram. No local esteve Armando Pires, pai da vítima.
Ao que o CM conseguiu apurar a festa estava devidamente licenciada, incluindo o lançamento de foguetes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)