Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Maria Odete de 75 anos morreu numa cave inundada a tentar salvar o marido das cheias de Algés

Mulher estava em casa com o companheiro Adriano, acamado devido a um AVC. Veja as imagens inéditas da cave
Rita Luz 8 de Dezembro de 2022 às 00:35
A carregar o vídeo ...
mulher morre numa cave em Algés
Uma mulher, de 75 anos, morreu esta quinta-feira numa cave inundada pela chuva no Dafundo, onde vivia, no concelho de Oeiras.

Maria Odete vivia com o marido, Adriano, da mesma idade, que estava acamado devido a um AVC, que sofreu há dois anos. Adriano conseguiu salvar-se, mas a mulher acabou por morrer.

Uma das vizinhas terá ligado a Odete que lhe relatou que não conseguia abrir a porta. "Pedi ao meu irmão para ir ver da Odete e do marido, mas quando ele chegou encontrou-a [já sem vida]", disse uma moradora. 



"Era uma amiga muito querida. Fiquei muito chocada". "Eles tinham outra casa, mas não iam para lá por causa dos degraus", afirmou outra vizinha.  

Os bombeiros foram chamados ao local e procederam à drenagem da água que ficou acumulada no interior da casa. Conseguiram salvar o homem, mas não Maria Odete - uma morte a lamentar, depois do dilúvio que assolou Lisboa durante a madrugada desta quinta-feira.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já lamentou a morte desta 
mulher e enviou as condolências à família.



Algés Oeiras André Fernandes ANEPC meteorologia questões sociais
Ver comentários
C-Studio