Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Homem preso por burla de 190 mil euros

O agora condenado fez-se passar por um alto quadro do Banco Invest S.A. para cometer o crime.
J.T. 12 de Junho de 2019 às 08:48
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Tribunal de Almada
Um homem foi condenado a sete anos e meio de prisão, no Tribunal de Almada, por ter burlado em 190 mil euros um casal que pretendia comprar uma casa para a filha.

O agora condenado fez-se passar por um alto quadro do Banco Invest S.A. para cometer o crime.

O homem, já reincidente, foi considerado culpado de um crime de burla agravada e três de falsificação de documento.

O burlão convenceu as vítimas, comerciantes, de que a instituição bancária para a qual dizia trabalhar tinha umas casas em leilão a preço vantajoso.

Estas acabaram por entregar o dinheiro ao suspeito.
Tribunal de Almada Banco Invest S.A. crime lei e justiça polícia julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)