Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem punido com quatro anos de prisão por espancar companheira

Arguido não trabalhava e vivia do rendimento obtido pela vítima, doente, que se dedicava à prostituição. Foi condenado pelo Tribunal de Coimbra.
Paula Gonçalves 28 de Outubro de 2019 às 08:51
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Um homem de 57 anos foi punido pelo Tribunal de Coimbra com quatro anos de prisão efetiva por agredir a companheira a murro e a pontapé. O arguido não trabalhava e vivia do rendimento obtido pela vítima, doente, que se dedicava à prostituição.

Na sequência das agressões, a mulher saiu de casa, mas não conseguiu libertar-se do agressor, que passou a persegui-la e a exigir-lhe dinheiro. Os factos, entre 2013 e 2014, foram considerados "muito graves" pelo coletivo de juízes.

As agressões eram diárias e ocorriam ao final do dia. A mulher foi considerada especialmente vulnerável e indefesa.

O arguido sabia que sofria de doenças, como esquizofrenia e epilepsia, e, segundo a acusação, aproveitou-se dessa circunstância.
Tribunal de Coimbra crime lei e justiça julgamentos prostituição companheiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)