Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Homem que matou agente da PSP em Évora condenado a 15 anos de prisão

Agente da PSP interveio numa situação de violência doméstica, em Évora.
3 de Dezembro de 2021 às 10:01
A carregar o vídeo ...
Homem que matou agente da PSP em Évora condenado a 15 anos de prisão
Fortuna Malengue, o guarda-prisional que matou o agente da PSP António Doce em Évora foi condenado, esta sexta-feira, a 15 anos de prisão.

António Doce, que estava fora de serviço, tentou travar o homicida que agredia a mulher, a 12 de dezembro de 2020. Depois, Fortuna Malengue atropelou o agente e colocou-se em fuga.

O guarda prisional do Linhó acabou por ser detido em casa, em Sintra.

António Doce ainda foi transportado para o Hospital de Évora mas devido à gravidade dos ferimentos acabou por morrer. O polícia de 45 anos estava colocado no Comando Distrital de Évora, era casado e pai de dois filhos.

Na leitura do acórdão, a presidente do coletivo que julgou o caso indicou que o tribunal desqualificou o crime de homicídio qualificado, de que o arguido estava acusado pelo Ministério Público (MP), condenando-o por homicídio simples.

Segundo a juíza que presidiu ao coletivo, o guarda prisional, de 52 anos, foi também condenado pelos outros crimes de que estava acusado, ou seja, um de violência doméstica e outro de ofensa à integridade física.

O arguido, que não esteve presente hoje na sessão de leitura do acórdão por estar hospitalizado, foi assim condenado, em cúmulo jurídico, a uma pena única de 15 anos de prisão efetiva.
PSPS agente fortuna malengue antónio doce évora homicídio
Ver comentários