Homem que matou cunhado em Oliveira do Bairro foi considerado inimputável

Suspeito foi condenado a internamento num hospital psiquiátrico entre três e 16 anos.
Por Lusa|27.11.17
O Tribunal de Aveiro declarou esta segunda-feira inimputável e perigoso um homem que esfaqueou mortalmente o cunhado, em Oliveira do Bairro, no passado mês de janeiro, condenando-o a internamento num hospital psiquiátrico entre três e 16 anos.

Durante a leitura do acórdão, a juíza presidente disse que os factos foram dados como provados na generalidade.

Contudo, o tribunal considerou o arguido inimputável para a prática dos referidos factos, por padecer de anomalia psíquica. Por isso, o coletivo de juízes decidiu absolver o arguido da prática de um crime de homicídio qualificado de que estava acusado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!