Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homem reconhece ladrão em autocarro em Almada

Com cadastro pelo mesmo tipo de crimes, o assaltante roubou por esticão o telemóvel da vítima, a 21 de junho de 2020.
Miguel Curado 4 de Maio de 2021 às 09:11
Justiça
Justiça FOTO: Getty Images
O Tribunal de Almada condenou a três anos e oito meses de prisão efetiva um homem, de 50 anos, pelo crime de roubo. A vítima conseguiu identificá-lo.

Com cadastro pelo mesmo tipo de crimes, o assaltante roubou por esticão o telemóvel da vítima, a 21 de junho de 2020, na Costa de Caparica.

No dia seguinte, a mulher encontrou o ladrão num autocarro e reconheceu-o por estar a usar a mesma roupa e o telemóvel que lhe tinha roubado.

Denunciou-o à GNR e o homem foi detido na paragem seguinte. Estava em liberdade condicional, o que contribuiu para pena efetiva agora aplicada. 
Almada Tribunal de Almada crime lei e justiça crime
Ver comentários