Homem sem carta morre em acidente de moto

Luís ‘Portelas’, de 31 anos, deixa 3 filhos menores após despiste em Águeda.
Por Aureliana Gomes e José Eduardo Cação|03.12.18

Estou em choque. Estive com o Luís pouco antes do acidente. Ele parecia que se estava a despedir." O desabafo é de um amigo de Luís ‘Portelas’ - alcunha pela qual era conhecido -, que morreu sábado à noite num acidente de mota na EN1/IC2, em Macinhata do Vouga, Águeda. A vítima, de 31 anos, não tinha carta de condução de mota. Deixa três filhos - um rapaz de 11 e duas meninas, de 6 e 3 anos.

O alerta foi dado às 21h45 para uma colisão entre um carro e uma mota, no cruzamento de Serém. O motociclista, natural de Pessegueiro do Vouga, Sever do Vouga, seguia no sentido Águeda-Albergaria e chocou com um carro conduzido pelo dono de um stand que fica junto ao cruzamento. Luís foi projetado e teve morte imediata.

A vítima tinha estado com amigos, pouco tempo antes, no café ‘Pagas Tu’ e saiu de mota para ir a casa de familiares. "Todos gostávamos dele. Era uma pessoa muito pacata. É uma notícia muito triste", contou ao CM o proprietário do café.

O corpo de Luís ‘Portelas’ foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Aveiro para ser autopsiado. A GNR investiga.

PORMENORES
Acidente perto de casa
Luís vivia há mais de 10 anos, com a mulher e as filhas do atual relacionamento, a poucos metros do cruzamento de Serém. A vítima trabalhava com a companheira numa fábrica de louças na zona industrial de Albergaria-a-Velha.

Velas em homenagem
Durante o dia de ontem, familiares e amigos da vítima mortal deixaram várias velas e um ramo de flores junto ao cruzamento da EN1/IC2 onde ocorreu o acidente mortal, na noite de sábado. Havia ainda vestígios da violenta colisão.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!