Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

"Nunca tive dúvidas que ele era culpado": Empresário assalta ourivesaria da ex-namorada na Póvoa do Varzim

PSP recuperou 200 dos 300 mil euros em material furtado.
Ana Silva Monteiro 8 de Fevereiro de 2023 às 09:37
A carregar o vídeo ...
"Nunca tive dúvidas que ele era culpado": Empresário assalta ourivesaria da ex-namorada na Póvoa do Varzim
“Nunca tive dúvidas de que ele era culpado. Levaram ouro, prata e relógios, mas a loja estava sem danos. Nada foi partido nem arrombado”. As palavras são de Cathiane Lima, de 35 anos, dona da ourivesaria na Póvoa de Varzim que foi assaltada em junho de 2022, sendo o seu ex-namorado suspeito. Passados oito meses, a PSP recuperou 200 dos 300 mil euros em material furtado. Quatro pessoas são arguidas, entre elas o ‘ex’ de Cathiane.

“Pedi a pessoas para irem à ourivesaria, na Trofa, onde ele é gerente e tirar fotografias. Foi fácil encontrar as minhas peças”, contou. Cathiane acusa ainda o ‘ex’ do furto de um carro, de violência doméstica e do sequestro da filha de ambos, de dois anos. “Como não me conseguiu tirar o tapete com o assalto, levou a minha filha e não me deixou ter contacto com ela durante 27 dias” afirmou Cathiane. 

Ver comentários
C-Studio