Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homem suspeito de violação em Sintra em prisão preventiva

Arguido conheceu a menor na Internet e estabelecia contactos com a vítima através do Snapchat e do Whatsapp.
19 de Junho de 2019 às 21:32
Tribunal xxx
Um homem suspeito de crimes de pornografia de menores agravado e de violação agravada foi sujeito à medida de coação de prisão preventiva, anunciou esta quarta-feira a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

O arguido conheceu a menor na Internet e estabelecia contactos virtuais com a vítima através das plataformas Snapchat e Whatsapp, onde ambos "remetiam mutuamente fotografias e vídeos das suas partes íntimas", dá conta uma informação da PGDL.

Posteriormente, acrescenta a mesma fonte, "o arguido ameaçou a menor de que as divulgaria caso esta não se encontrasse com ele pessoalmente, ao que aquela acedeu por sentir medo de que o arguido as divulgasse".

O arguido foi apresentado a primeiro interrogatório judicial em 07 de junho, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão preventiva "por se verificar em concreto os perigos de perturbação de decurso do inquérito e de continuação da atividade criminosa".
Snapchat Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa PGDL Internet Whatsapp crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)