Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Homicida de empresário preso no Brasil

O empreiteiro da construção civil suspeito de ter planeado o rapto e homicídio do empresário madeirense Guilherme Bernardino Alves foi detido no Brasil, para onde tinha fugido no dia a seguir ao crime, em Julho do ano passado. José Gabriel Líbano Martins, conhecido por ‘Talibã’, é considerado o mandante do crime – a família chegou a receber um pedido de resgate de 500 mil euros –, cometido por mais três homens, detidos nos dias seguintes.
19 de Março de 2010 às 00:30
José Gabriel Líbano Martins
José Gabriel Líbano Martins FOTO: direitos reservados

De acordo com o coordenador da Polícia Judiciária do Funchal, Ricardo Silva, "com esta detenção, completa-se o quadro de suspeitos neste caso. Estão todos detidos". Os três homens aguardam julgamento em prisão preventiva. José Martins vai aguardar a extradição do Brasil.

Guilherme Bernardino Alves, 78 anos, foi encontrado morto num poço de um estaleiro na Camacha, depois de ser atraído à Madeira com uma falsa promessa de um contrato para um projecto de um empreendimento turístico.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)