Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Homicida e mulher sequestrada lutam após tentativa de asfixia

Homem esteve escondido numa casa e sequestrou duas pessoas.
18 de Outubro de 2016 às 08:22
casa, sequestro, Pedro Dias
casa, sequestro, Pedro Dias FOTO: Direitos Reservados
O duplo homicida de Aguiar da Beira, que está a ser procurado pelas autoridades desde terça-feira, tentou asfixiar com uma almofada a filha da inquilina da casa onde esteve escondido.

Pedro Dias foi surpreendido pela filha da proprietária da casa ao início da tarde de domingo. Agrediu e amordaçou a mulher e também um vizinho. Segundo um jornal nacional, o homem tentou asfixiar a mulher com uma almofada mas esta atacou-o. Já o jornal I diz que o homem não matou os reféns com recurso a uma arma de fogo para evitar o barulho dos disparos. Pedro Dias terá ainda ameaçado as vítimas. "Mato, não mato", terá dito em jeito de jogo.  O homem fugiu depois numa carrinha Opel Astra.

Ao que o CM apurou, a mulher terá surpreendido Pedro Dias no interior da casa por volta da uma e meia da tarde. Estava a entrar na moradia, desabitada há dois anos, que viu o homem no interior. Gritou e chamou a atenção de um vizinho, que estava a tratar do jardim de familiares numa casa próxima.

O homem foi em seu auxílio, mas foi logo agarrado por Pedro. O suspeito, de 44 anos, usou um lençol para amarrar as vítimas. Depois exigiu-lhes dinheiro. O homem entregou cinco euros, a mulher também tinha apenas alguns trocos.
Pedro fugiu depois na carrinha do homem.

As vítimas, que têm entre os 55 e os 65 anos, só foram libertadas já perto das quatro da tarde, quando familiares do homem, que o procuravam, o viram na janela da casa a tentar pedir socorro.
piloto homicida pedro dias sequestro asfixia sequestro caça ao homem
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)