Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Homicidas de Lobato em tribunal

Vão ser presentes amanhã ao juiz da comarca de Aruanã, no interior do estado brasileiro de Goiás, os dois homens suspeitos de terem morto o empresário de Ponte de Sor João Carlos Lobato, de 42 anos, executado à queima-roupa com um tiro no pescoço e outro no tórax no dia 9 de Março, ao chegar com a namorada brasileira à sua casa naquela cidade.
6 de Junho de 2010 às 00:30
Empresário morto em Março
Empresário morto em Março FOTO: D.R.

Os dois, identificados por Vinícios e Carlos, foram presos quinta-feira em Araguapaz, a 50 km de Aruanã, quando seguiam para esta cidade. A polícia continua à procura de um terceiro suspeito, de nome Luís, que os outros dois acusam de ter sido o cérebro do crime e autor dos disparos sobre o português.

A polícia desconfia da existência do terceiro elemento, denunciado pelos detidos que, curiosamente antes do homicídio, arrendaram uma casa da família de Ana Maria Brito, 22 anos, namorada da vítima.

As autoridades mantêm suspeitas sobre Ana Maria e sobre Sílvia da Silva, ex-mulher de Lobato, que mantinha com ele um litígio pela pensão de alimentos da filha.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)