Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Homicidas Rosa Grilo e Diana Fialho tornam-se amigas na cadeia de Tires

Suspeitas das mortes de Luís Grilo e Amélia Fialho partilham o mesmo estabelecimento prisional e tornaram-se confidentes.
10 de Outubro de 2018 às 23:54
Rosa Grilo e Diana Fialho
Rosa Grilo
Rosa Grilo saiu algemada do Tribunal de Vila Franca, em preventiva
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Diana Fialho deu entrevista antes de ser detida pelo homicídio da mãe
Amélia Fialho e a filha adotiva Diana Fialho
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Amélia Fialho, com a filha adotiva, Diana Fialho, e o genro, Iuri Mata. Jovens são os principais suspeitos da morte da professora
Rosa Grilo e Diana Fialho
Rosa Grilo
Rosa Grilo saiu algemada do Tribunal de Vila Franca, em preventiva
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Diana Fialho deu entrevista antes de ser detida pelo homicídio da mãe
Amélia Fialho e a filha adotiva Diana Fialho
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Amélia Fialho, com a filha adotiva, Diana Fialho, e o genro, Iuri Mata. Jovens são os principais suspeitos da morte da professora
Rosa Grilo e Diana Fialho
Rosa Grilo
Rosa Grilo saiu algemada do Tribunal de Vila Franca, em preventiva
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Rosa Grilo à chegada ao Tribunal de Vila Franca de Xira
Diana Fialho deu entrevista antes de ser detida pelo homicídio da mãe
Amélia Fialho e a filha adotiva Diana Fialho
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Diana Fialho, filha adotiva de Amélia Fialho, e o marido, são suspeitos do homícidio da vítima
Amélia Fialho, com a filha adotiva, Diana Fialho, e o genro, Iuri Mata. Jovens são os principais suspeitos da morte da professora
Rosa Grilo, suspeita de ter assassinado o marido triatleta Luís Miguel Grilo, e Diana Fialho, suspeita da morte da mãe adotiva, ter-se-ão tornado amigas no Estabelecimento Prisional de Tires, onde ambas se encontram em prisão preventiva.

A informação é avançada pelo jornal digital Cascais24, que garante que as duas passam cerca de uma hora juntas no recreio, afastadas das restantes presidiárias.

Rosa Grilo, de 42 anos, é a principal suspeita da morte do marido em conluio com o amante, António Joaquim.

A vítima, de 50 anos, tinha sido dada como desaparecida pelas 16h30 de 16 de julho, de Alenquer, onde vivia com a família, depois de ter dito à mulher que iria fazer um treino de bicicleta. Esta foi a versão apresentada na altura por Rosa Grilo à PJ, e à CMTV, mostrando estranheza pelo desaparecimento e apelando às buscas para que o marido fosse encontrado.


O corpo foi encontrado a 24 de agosto, nu e com um saco enfiado na cabeça, na zona de Avis – terra natal da mulher. Rosa aguarda julgamento em prisão preventiva, bem como o seu cúmplice.

Diana Fialho, terá sido a autora do crime de homicídio da mãe adotiva, a professora Amélia Fialho, residente no Montijo, juntamente com o marido, Iuri Mata, também ele suspeito.

A vítima, de 59 anos, esteve desaparecida durante quase uma semana e foi encontrada morta à martelada depois de ter sido drogada e levada para uma zona de mato em Pegões, onde foi queimada.

Também a jovem de 23 anos mostrou consternação pública por aparentemente não saber do paradeiro da mãe. Em declarações à CMTV, Diana Fialho dizia-se "bastante preocupada" e aparentemente disponível para colaborar com as buscas.

Tanto um caso como o outro chocaram a opinião pública nos últimos meses. Na origem dos dois homicídios terão estado motivos de origem financeira e desentendimentos familiares.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)